Google Play BatteryBot Removido Pro App partir da Play Store

Google Play BatteryBot Removido Pro App partir da Play Store

Pesquisadores da Zscaler têm relatado recentemente um aplicativo Android malicioso que falsificado o aplicativo legítimo chamado BatteryBot Pro. O aplicativo falsificado continha o nome do pacote “com.polaris.BatteryIndicatorPro”. Assim que o Google tornou-se ciente da intenção maliciosa, a empresa removeu o aplicativo da Play Store.

Breve Resumo da Malicious App

O aplicativo solicitou permissões excessivas do usuário em uma tentativa de controlar totalmente o dispositivo Android. O objetivo dos criminosos por trás deste golpe foi reunir dispositivos suficientes, uma vez que os teria gerado lucro de fraude do clique, fraude SMS premium e fraude ad. Mas suas intenções abusivas não terminou com isso como eles tentaram fornecer baixar e instalar outros pacotes do Android maliciosos chamados APKs.

real vs. BatteryBot malicioso Pro App

O falsificado aplicativo BatteryBot Pro vem em uma versão gratuita e Pro e é um aplicativo indicador de bateria bem conhecido para dispositivos Android. O aplicativo legítimo já foi baixado mais de 500,000 vezes, de acordo com estatísticas do Google Play.
De acordo com o pesquisador da Zscaler, Shivang Desai o aplicativo malicioso solicita dezenas de permissões, e muitos deles são benignos. O mal-intencionados incluem permissão para enviar mensagens SMS, acessar a internet, obter contas, desmontar sistemas de arquivos de montagem e, download sem notificação e processe chamadas de saída.

Em comparação com o aplicativo malicioso, as permissões que os pedidos de aplicativos legítimos são bastante limitadas. Eles incluem a leitura e modificar o conteúdo de um dispositivo de armazenamento USB, permissão para executar na inicialização, desativar a tela de bloqueio, controlar a vibração e impedir que o dispositivo entre em suspensão.

→“Após a instalação do aplicativo malicioso, exigiu acesso administrativo, que retrata claramente o motivo de desenvolvedor de malwares para obter acesso controle total para o dispositivo da vítima. Uma vez que a permissão é concedida, o aplicativo falso irá fornecer a mesma funcionalidade para a vítima encontrada na versão original do BatteryBot Pro, mas realiza atividades maliciosas em segundo plano,”Explicou Shivang Desai em uma relatório Zscaler.

Além disso…

Além da informação para o desserviço do aplicativo, Zscaler assinalou a recolha de dados específicos a partir de um dispositivo. Informações da memória disponível, o número IMEI, localização, língua, disponibilidade cartão SIM, o modelo do dispositivo é obtido. Outra desserviço notado está a carregar várias bibliotecas a fim de prosseguir a fraude do clique. Contudo, o desserviço mais irritante é sutil receber uma lista de anúncios a serem exibidos em conjunto com as URLs para onde para trazer os anúncios. Em pouco tempo, o dispositivo começa a baixar mais APKs e exibe anúncios pop-up para o usuário.
Contudo, o fato mais impressionante descoberta é que, enquanto o acesso ganhos app para administrador não pode ser removido pelo usuário.

→“O malware instala silenciosamente um aplicativo com um nome de pacote de com.nb.superuser, que é executado como um segmento diferente e reside no dispositivo, mesmo se o aplicativo está excluídos de forma forçada. Isto age como um serviço e envia pedidos de URLs codificados encontrados no app,”, Disse Desai.

Assim, um caminho entre o dispositivo eo atacante é introduzido e novos pedidos podem ser feitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.